29 de jan de 2011

A liberdade

Somos livres quando amamos a Vida. Amamos os outros,sem expectativas, sem vir-a-ser. Somos livres quando dizemos o que queremos, sem nada querer, somos livres...
A liberdade são todas as possibilidades latentes, virtuais, da Vida-sendo.
Se existisse uma metáfora capaz de (re)velar o que penso sobre a liberdade, não saberia como. Mas, o rio(!). Ah! O rio. O rio corre, as águas do rio (que não são do rio) correm... mas, sem correr, correndo. Ah!As pedras do rio, que não são do rio, são o que são: pedras... Os peixes do rio, que não são do... Somos livres como o rio quando queremos e deixamos correr, tranqüilo, sereno, às vezes,furioso, fervoroso, o outro. Aliás, melhor seria dizer, os outros (os outros dos outros e os outros de nós mesmos)...
Deixamos, por amar. Por amar ser livre, ser o outro, sendo... Liberdade: direito pleno do Ser-vida. Liberdade, com asas, sem asas, sendo: celebração do acontecimento-aí, presente, instante: amor planejado, sem sê-lo, paradoxalmente, a espera, sem espera, do néon. Somos livres. Livres porque somos os outros, sendo nós mesmos. Somos livres. Porque somos o próprio paradoxo do-sim-do-não.
Quão tolos somos quando não vivemos, no aqui-e-agora, no instante da vida-sendo; quando não acolhemos o que-é por medo do desconhecido, do vazio, do silêncio (que, muitas vezes, é muito barulhento)... Quão tolos somos quando repetimos, repetimos e repetimos sem arte, sem pulsar, sem abertura para o inesperado, o impresivível, o fora do script...
Quão tolos somos quando imaginamos ser mais do que o outro... Livres. Somos? Podemos dizer/ouvir o que precisamos, sem nada saber, às vezes, sem ao menos querer...? Somos? O que somos mesmo? O que queremos? Sei o que precisamos: viver. Hoje, mais do que nunca, preservar a vida. Estamos morrendo... vamos morrer... estamos matando a humanidade em nós... estamos matando as possibilidades... Éh! Somos livres?                           
                                                                                              Autora: Jilvania Lima

Relatos imprecisos

P.S.:Esse texto é bem conturbado e desfigurado, pelo fato de minha mente está muito bagunçada e cheia de dores incompreendidas. Com isso vos peço que apenas admirem a intesidade de cada frase, a profundidade de cada palavra e a expressão do texto que foi delineado pelo coração...

Lembranças relutantes pairam sobre os meus pensamentos, revivendo amargos e saborosos momentos que contigo passei.
Lágrimas escassas, beijos viciantes, ciúmes saudáveis, contradições exuberantes. Seja bom ou ruim, tudo me lembra nós dois.
Enaltecia minhas vontades a cada passeio que junto dávamos... De mãos dadas, sem se preocupar com nada mais e nem se quer pensar no mundo ao redor.Caminhos tolos que seguíamos admirados e esbanjantes de felicidades, parecendo até que era o caminho real da felicidade, aquela que já reinava nos nossos corações.
Tudo isso mudou, toda ilusão despertou, o lindo sonho acabou...
Hoje tudo que vejo me remete a você, a saudade corrói minh'alma como um corvo faminto ao ver um cadáver de animal, esvoraçadamente e descontrolado.
Meu olhar - vazio de esperança, nada emergia, nada enxergava. estejam eles abertos ou fechados eu continuo pensando em ti, lamentando como tudo acabou e exagerando na grande tristeza que me domina. Lágrimas agora descem por minha face plácida, cansada e infeliz.
Luto para domar minhas dores e seguir meu fútil caminho, conseguindo por brever momentos esquecer minha dor viril e descontrolada. exarcebo os meus complexos sonhos crentes que um dia eles me satisfaça tanto quanto seu amor feliz me fez, assim quanto triste e melancólico seu adeus me tornou.
Agora, depois de tanta confusão e insanidade que descrevi como se fosse um minúsculos escritos inglês de séculos anteriores eu vos relatarei como me descrevo em uma pequena entonação de frases:

Um garoto esnobe que por uma garota se apaixonou perdidamente e pela não correspondecia dessa ardente paixão, agora sofre de uma forma indescritível e malígna que o faz sofrer a cada lágrima, pensamento, reflexo, pulsar do coração e respirar dos pulmões. Triste, insolente, inato, insano e incoerente. Menino perdido num maldito amor, totalmente dilacerado, perdido, confuso. E isso o faz ter inspirações para expressar suas dores em palavras...

Tudo isso prova o quão abalado pode ficar um coração despedaçado por um grande amor que partiu e o deixou.

16 de jan de 2011

Solidão com esperança


Posso te dar o que bem quiser. Meu amor moverá céus e terras para satisfazer seus desejos. Nunca a deixarei partir. Calmamente, lindamente, você sempre estará ocupando o meu supérfluo coração. Tua lembrança...Teu cheiro. É o que me traz forças para viver. Eles trazem esperança de algum dia te rever, te tocar. Sentir seu perfume se manifestar no meu mundo outra vez e me tirará dessa triste solidão. Pois a esperança de te reencontrar e profundamente te amar ainda reina em minh'alma.

13 de jan de 2011

Wish

Sempre sei o que quero, o que almejo, o que devo e não devo. Se eu estou certo ou não estarei consciente que fiz por querer. Mas quando toca na ferida do amor tudo se transforma e não respondo por mim nestas situações.
Quando estou só fico a pensar que nunca mais me submeterei a tentação, que resistirei a sua beleza e atração. Que nunca mais me deixarei levar pelo desejo ardente que reina em mim para com você.
Mas isso fica só na teoria por que quando perto de ti estou, meu coração acelera, meus lábios tremem com desejo de roçar em seu pescoço e em seus lábios. perço a noção do tempo, do perigo e do entendimento. Tudo o que quero na hora é estar com você. Acariar-te, beijar-te, mostrar-lhe o tamanho do meu amor.

Depois me afasto e arrependo-me de cada pensamento, sinto-me fraquejado por mais uma vez não resistir a tentação. Mas o que meu coração insesato fala meu cérebro não consegue controlar. E tudo vira um distúrbio irresoluto de sensações, desejos, vontades, sabores. Coração pacato que não me deixa viver em paz, fica jogando-me para cima de ti e depois quando bate desilução fico a sofrer e a buscar consolo nas imundizes do mundo. Insensato coração, impossível controlar. Mas um dia reverterei essa situação... mas acho q demorará; Será que sou o único com um coração maluco assim?? Abraço.

12 de jan de 2011

Pregação Reformulada do Salmos 3

Vejo que no cotidiano só aumenta a posição adversária, uns contra os outros, como uma batalha de sobrevivencia carnal.
Isso traz mais conturbações para essa sociedade com sentimentos lastimáveis.
Ódio, egoísmo, individualidade, atitudes grosseiras e ceticismo... Quando essas sensações repugnates reinam no seu coração tudo vira um abismo irresoluto e onde deveria aflorar o amor de Cristo só se ver a malígna presença do Satanás.
Acorde!! Não deixe o mal dominá-lo. Mesmo que muitos digam que você não tem salvação em Deus, não ouça estes impíos e inimigos. Perceba que o Senhor está contigo, que Ele nucna via desistir de você. A salvação vem Dele.
Clama pelo Seu nome, pela sua gradeza e força que vocÊ verá que Ele é o teu verdadeiro escudo, tua glória, e o que exalta sua cabeça. Clama que Ele o ouvirá.
Assim você deitará, dormirá e acordará em paz. Porque o Senhor o sustentará. Crede Nele e não temas seus inimigos pois eles perecerão diante da face do Todo Poderoso.
Salmo 3:8 '' A Salvação vem do SENHOR, sobre o teu povo seja a tua benção''.
Abraço e paz a todos.

9 de jan de 2011

Dimensões que nos rodeiam

Um buraco negro, um abismo assustador, uma biosfera malígna.
Inúmeras dimensões perversas já estiveram presente na minha vida, no meu soberbo caminho. Dores, ilusões, sofrimentos, mágoas e angústias. Momentos que, podendo eu, deletaria do meu âmbito mental, assim rejuvenesceria minha alma e passaria a viver construindo meu caminho, desviando das impurezas e me glorificando de saúde e beleza.
Mas sei que nada é fácil, mesmo que pareca. Tudo precisa ser lutado, batalhado e até sofrido.
A inovação de cada fase da vida remete, ao meu ver, aquilo que já havia sido lhe concedido por Deus ao seu nascer. Cabendo a você emergir a força necessária para vencer as batalhas que você virá a enfrentar.
Vencer. O que nem todos conseguem, mas lutar pelo que acredita e seguir o caminho certo, o caminho do Senhor, é um lindo começo.
Nessas dimensões que nos rodeiam revigoramos nossa improtância no mundo. Ressaltamos nosso valor pessoal e pra Deus. Até nosso caráter, nossa visão. E é desta forma que vejo o mundo que habito. Tendo a noção devida de cada espaço, lugar e sentimento que preciso colidir, viver. Tudo em busca da conquista que acredito, almejo, rodeio. Dimensões que Jesus me guia.

2 de jan de 2011

Humildade

Ser capaz de assumir seus erros, de lutar pelo que acedita mesmo que muitos te blasfemem.
Ser capaz de ajudar a quem precisa, de apoiar a quem um dia te fez mal.
Mostrar-se submisso a Deus, saber e demontrar que Ele está no controle, que Ele é o único que nos guia ao caminho certo. Isso são sinônimos frasais de humildade. Saber que mesmo tendo muito, tão pouco tens aos olhos do Senhor. O importante é respeitá-lo e ser servo Dele. Sempre fui suspeito pra falar esse assunto pois costumava me achar melhor que muitos mas vejo a vida de uma maneira diferente, com os olhos de Jesus.
A sociedade atual precisa de humildade, refletir a vida, demonstrar suas fraquezas, ajudar os próximos, aceitar apoio, sem sentir-se nunca superior ao outro. Isso traz paz. Precisamos de paz. De humildade.