28 de mai de 2011

Como dizia o Poeta

Como dizia o poeta
Quem já passou por essa vida e não viveu
Pode ser mais, mas sabe menos do que eu
Porque a vida só se dá pra quem se deu
Pra quem amou, pra quem chorou, pra quem sofreu
Ah, quem nunca curtiu uma paixão nunca vai ter nada, não
Não há mal pior do que a descrença
Mesmo o amor que não compensa é melhor que a solidão
Abre os teus braços, meu irmão, deixa cair
Pra que somar se a gente pode dividir
Eu francamente já não quero nem saber
De quem não vai porque tem medo de sofrer
Ai de quem não rasga o coração, esse não vai ter perdão
Quem nunca curtiu uma paixão, nunca vai ter nada, não


Vinícius de Moraes

26 de mai de 2011

Contentar-se

Nunca me contentei com o pouco que a vida nos dá, por isso sempre  busquei mais e mais.
Mesmo a deriva de diversos perigos, continuo buscando ter aquilo que me faz ser quem sou. Assim desenvolvendo um âmbito melhor em mim, tornando-me mais feliz.

24 de mai de 2011

Felicidade

Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!

Fernando Pessoa

23 de mai de 2011

Mais um aninho de vida

Fazendo 17 anos, neste dia tão especial.
Muito feliz. Devo tudo que tenho nesta vida somente ao Senhor. Agradecendo sempre.
Happy Birthday To Me !!!

20 de mai de 2011

Aproveitar o Momento

Quando cada vez mais amadurecemos vamos aos poucos percebendo que se no passado tivéssemos tais opiniões que temos hoje, com certeza faríamos diferente, aproveitaríamos o máximo possível. Viveríamos numa percepção diferente, faríamos valer a pena. Às vezes bate aquele arrependimento por tudo errado que fizemos ou tudo que deveríamos ter feito de certo. Mas já que não pudemos fazer antes, só nos cabe aproveitar e viver O Hoje intensamente e não desperdiçar nada que nos está sendo dado. Para ter a glória e satisfação de fazer o que bem entende e lembrar do quão bom foi fazer aquilo inusitado: APROVEITANDO O MOMENTO. 

19 de mai de 2011

Voar


Também quero voar, 
Asas levantar 
E pelas nuvens pairar. 

Processo de mudança, 
Restaurar minha esperança, 
Construir minha própria confiança,
Me amar antes de qualquer aliança.

17 de mai de 2011

Vamos tentar?

Dizem que sortudo sou,
por ter-te comigo. 
Vendo-te pela janela, 
a podar as flores do jardim, 
neste beleza morena
que me deixa delirante a sorrir.

Oh nem acredito no tempo que perdi sem você
Agora só em ti penso e quero a todo instante te ver.
Oh sei que altos e baixos terá
Mas contigo em meus braços tudo se resolverá.

Então, vamos tentar?. 
Vamos viver, sentir esse prazer.
deixa eu te amar e verdadeiramente te conhecer.
Quero te mostrar que nesta relação pode confiar
Pois mesmo que o chão venha a balançar
Juntos vamos nos equilibrar
Forças e barreiras entoar, 
Na sintonia deste sentimento.

Algo em mim arde por dentro,
Recito belos poemas a ti no frescor do momento
Num implícito casamento essa relação se torna
E tudo que há de bom em nós se contorna
Não se sabe até onde isso irá,
Nem no que resultará.
Porém baby, vamos tentar?

Manoel Britto

16 de mai de 2011

Confiar...

Confiar em Deus é muito mais do que dizer, "O Senhor é o meu pastor e nada me faltara", confiar em Deus é acreditar no impossível, é ver pelos olhos da fé o invisível acontecendo, é se entregar totalmente sem reclamar, sem murmurar das provações e dificuldades, é crer que você nunca esteve sozinho, e que desde o ventre da sua mãe Ele já estava contigo, é acreditar que existe um propósito maior em tudo aquilo, é entregar a sua vida ao Espírito Santo, é sentir o sobrenatural, é crer que em tudo consiste a perfeição de Deus. É mergulhar nas águas do Espírito e não escutar mais nada, além da voz de Deus e o agir da Graça , é crer que Dele, por Ele e para Ele são todas as coisas, é acreditar que Deus é o principal interessado em cumprir as promessas que Ele mesmo te fez, é diminuir se, e não enxergar mais o seu eu, é tirar o seu ego do centro, e colocar Jesus pra reger sua vida.


[Autora: Amanda Baracho ]

15 de mai de 2011

Soneto Inascido


O poema subjaz.
Insiste sem existir
escapa durante a captura
vive do seu morrer.
O poema lateja.
É limbo, é limo, 
imperfeição enfrentada, 
pecado original.
O poema viceja no oculto
engendra-se em diluição
desfaz-se ao apetecer.
O poema poreja flor e adaga
e assassina o íncubo sentido.
Existe para não ser.
Artur da Távola

12 de mai de 2011

Escolhas

A introdução de uma vida é o que desenrola seu desenvolvimento e defini sua conclusão. Havendo, obviamente, escolhas e atritos em cada fase que precisará ser ultrapassada.

11 de mai de 2011

Fantasia

Sabe aquela verdade que você insiste em não acreditar?
sabe aquele medo que você perdura em afirmar que não sente?
Sabe aquela mentira que você daria céus e terras pra que ela fosse ou tornasse verdade?
Sabe aquela alegria que se esvai na dor da perda, da saudade, da solidão?

Quem já viveu isso tudo, ou parte disso, sabe do que me refiro, daquela tentativa desesperada de ter o que não pode, fingir o que realmente não aconteceu, acreditar no incrédulo, no surreal...
É nessa fantasia que o homem se perde, transporta-se para um mundo utópico, onde nada é contrário ao que ele deseja, tudo é perfeito tanto quanto foi desejado.
Algo que faria a vida valer a pena, se ela fosse feita pra ter esse valor.
No prol dessa fantasia a vida passa, flui, surpreende, conclui.
A vida real faz temer, faz enfrentar, sorrir, chorar, perder, acreditar, descobrir, sonhar, confundir, persistir e declarar.


A utopia pode parecer satisfatória com seu jeito perfeito de ser, mas a perfeição traz o tédio que traz a depressão e isso não acalenta nem conforta o coração
Mesmo que não pareça é a imperfeição que faz a vida prazerosa, pois, 


Pelos vitória dos medos descobrimos o quanto somos fortes e podemos superar. 
Pela perda aprendemos a valorizar.
Pela desilusão descobrimos que não se deve muito apegar.
Pela traição notamos que inteiramente nunca se deve confiar.
Pela vida e seu viver constatamos que é na loucura da sobrevivência que descobrimos a essência e verdadeiro prazer de viver.


Cabe a você escolher: a fantasia e no tédio entorpecer ou a vida real e no perigo encontrar prazer. Ou quem sabe até um balanço entre os dois que te fará delirar sem os pés do chão tirar. Escolha sua aposta e veja no que dará. 

5 de mai de 2011

Dueto Medonho e Fatal

O mundo é céu
O mundo é mar
É multidão
Dor, euforia e complicação.

No mundo tudo é vasto
Sombrio, complexo
Necessitado de espaço.
Espaço esse redimido, confuso, sem nexo.

O mundo assim se faz semelhante ao coração
Ora mágoa, ora perdão
Ora dor, ora emoção.
Ora sacrifício, ora sensação.

Nunca seguindo, nem seguido de, um patamar
Eles atingem e ultrapassa limites
Que nem eles mesmos poderiam imaginar.

E neste mundo real que parece tão abstrato,
Junto desse coração fatal
Que nunca comprimi antes seu ato, 
Vamos vivendo em busca do aparato
Que nunca encontraremos
Mas a utopia é o que faz a vida não ser um total fardo.

Mundo e Coração, 
Dueto maquiavélico mas que ninguém quer, 
Muito menos pode, 
Dispensar.

4 de mai de 2011

Never Alone

Que os anjos te protejam 
Que problemas não te atinjam 
Que o céu te aceite 
Quando for hora de ir para casa 
Que você tenha sempre a abundância 
O copo nunca vazio 
Saiba em seu interior 
Você nunca estará sozinha 

Que suas lágrimas 
Venham de sorrisos 
Que você encontre amigos 
Que valham a pena ter 
Todos os anos passam 
Eles significam mais do que ouro 
Que você possa vencer e permanecer humilde 
Sorrir mais do que resmungar 
E saiba, quando você tropeçar 
Você nunca estará sozinha 







Nunca sozinha 
Eu estarei em cada batida 
Do seu coração 
Quando você enfrentar o desconhecido 
Onde quer que você voe 
Este não é um adeus 
Meu amor te seguirá 
Ficará com você 
Amor, você nunca estará sozinha 

Eu tenho que ser honesto 
Tanto quanto eu quero 
Eu não vou prometer 
Esse ventos frios não vão soprar 
Então, quando os tempos difíceis 
Encontrarem você 
E os seus medos estiverem te cercando 
Enrole o meu amor em torno de você 
Você nunca estará sozinha 



Meu amor te seguirá 
Ficará com você 
Amor, VOCÊ NUNCA ESTARÁ SOZINHA.

Lady Antebellum: Never alone (translate)

3 de mai de 2011

Eu, a lua. Junto da minha loucura

Seria nós um fardo um para o outro?


Nada é como parece, mas também, nada parece como realmente é.
Vivendo num infinito equívoco de sentimentos e sensações, perco-me no desejo, as vezes sem nexo, de descobrir se realmente me libertei desse amor, de você.


O mundo está em reciprocidade de confusões e sinto como se fosse o mais atingido desta guerra. Em noites em claro, no lugar do afago, fico a encarar a lua, e com ela conversar. Questiono-a se essa vida de nostalgia e desejos irrealizáveis vale a pena. Sei que ela nada dirá, mas procuro entender qual a melhor resposta que ela, se falasse, iria me dar. 
Assim vou descobrindo, ou ao menos tentando, por que meus sentimentos são tão embaraçado e conversando com a lua sei que não estou ao seu lado, mas ao menos fantasio que conversar com a lua seria o melhor caminho.


Afinal, um louco de amor comete mais loucura que um insano de pensamentos.

1 de mai de 2011

Quando o inverno chegar...

E quando tento passar, em pensamento, o mesmo conforto que passo ao aconselhar os amigos, percebo que nunca tive a confiança que aparento, nunca descobrir o verdadeiro ‘’eu’’ que está aqui dentro. Descobrindo então que sou apenas uma casca confusa, com uma alma querendo liberdade, em busca de sentimentos e uma vida de verdade. Vida essa que, creio eu, nunca irei viver. Queria ao menos conhecer, sentir este prazer, mas esse é um privilégio que talvez não tenha nascido pra ter.

..Mas talvez quem sabe quando o inverno chegar, uma nova vida possa por mim se desbruçar e eu assim desfrutar de uma caminhada que vale a pena trilhar. Resta apenas, esperar...