27 de abr de 2011

Dilúvio

Sempre lutei pelo que acreditava
E você sabe disso muito bem
Quantas vezes me viu chorar de dor mas nunca desistir?
Quantos olhares de desespero você já viu em mim?
Mas sempre segui, pois comigo tu estavas.

Agora vem dizendo que acabou
Minha vida num dilúvio se afogou.
Cantar algo sobre o amor faz parecer que tudo é mentira desde sua partida.

Percebes, estou confuso, descontrolado, impulsivo, desanimado.
Estou no auge da bipolaridade.
Isso não é culpa sua, mas sim da saudade e da falta que fazes na minha vida.

As estrelas deixarão de brilhar e sempre estarei lá
perdidamente a te amar, como uma alma perturbada pelo mundo a vagar.
Esta é minha vida, inconformado estou
E nem me expressar consigo pois a confusão me faz delirar num martírio de dor e nostalgia,
quem dera voltasse um dia, pra que eu sentisse o calor de como é ser feliz novamente.

4 comentários:

  1. Por que não pensar em felicidade com um outro alguem?


    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Own como é ruim a dor da separação. Mas sempre haverá uma nova historia a ser construida.

    Bjus querido!!!

    ResponderExcluir
  3. Você assim como eu tem o defeito de ser bem intenso nas coisas que faz. Mas ao contrário de mim você costuma demorar mais a se apaixonar, a se entregar novamente. Relacionamentos vem e vão. O que fica é a história. E não se preocupe se você não encontrar o amor, ele te encontra! Te adoro! Bjo

    ResponderExcluir
  4. Sei bem como é... Mas bola pra frente né! A vida é só uma!
    Beijos

    ResponderExcluir