3 de mai de 2011

Eu, a lua. Junto da minha loucura

Seria nós um fardo um para o outro?


Nada é como parece, mas também, nada parece como realmente é.
Vivendo num infinito equívoco de sentimentos e sensações, perco-me no desejo, as vezes sem nexo, de descobrir se realmente me libertei desse amor, de você.


O mundo está em reciprocidade de confusões e sinto como se fosse o mais atingido desta guerra. Em noites em claro, no lugar do afago, fico a encarar a lua, e com ela conversar. Questiono-a se essa vida de nostalgia e desejos irrealizáveis vale a pena. Sei que ela nada dirá, mas procuro entender qual a melhor resposta que ela, se falasse, iria me dar. 
Assim vou descobrindo, ou ao menos tentando, por que meus sentimentos são tão embaraçado e conversando com a lua sei que não estou ao seu lado, mas ao menos fantasio que conversar com a lua seria o melhor caminho.


Afinal, um louco de amor comete mais loucura que um insano de pensamentos.

3 comentários:

  1. Momentos de solidão, ainda que indesejáveis, podem surtir bons resultados. Olhar para dentro de si, vez ou outra, é salutar.

    Abraços do Gaúcho.

    ResponderExcluir
  2. Olá e ai como vai brother?
    Belo post.
    Sei que é dificil lidar com a solidão e a trsiteza...espero que isso passe logo pra voce.

    "um louco de amor comete mais loucura que um insano de pensamentos."

    Belo trecho xD
    Abraços
    .....................
    www.rimasdopreto.com

    ResponderExcluir
  3. Nós jamais entenderemos as emoções do coração!!!
    Belo post

    Bjusss!!!

    ResponderExcluir