11 de mai de 2011

Fantasia

Sabe aquela verdade que você insiste em não acreditar?
sabe aquele medo que você perdura em afirmar que não sente?
Sabe aquela mentira que você daria céus e terras pra que ela fosse ou tornasse verdade?
Sabe aquela alegria que se esvai na dor da perda, da saudade, da solidão?

Quem já viveu isso tudo, ou parte disso, sabe do que me refiro, daquela tentativa desesperada de ter o que não pode, fingir o que realmente não aconteceu, acreditar no incrédulo, no surreal...
É nessa fantasia que o homem se perde, transporta-se para um mundo utópico, onde nada é contrário ao que ele deseja, tudo é perfeito tanto quanto foi desejado.
Algo que faria a vida valer a pena, se ela fosse feita pra ter esse valor.
No prol dessa fantasia a vida passa, flui, surpreende, conclui.
A vida real faz temer, faz enfrentar, sorrir, chorar, perder, acreditar, descobrir, sonhar, confundir, persistir e declarar.


A utopia pode parecer satisfatória com seu jeito perfeito de ser, mas a perfeição traz o tédio que traz a depressão e isso não acalenta nem conforta o coração
Mesmo que não pareça é a imperfeição que faz a vida prazerosa, pois, 


Pelos vitória dos medos descobrimos o quanto somos fortes e podemos superar. 
Pela perda aprendemos a valorizar.
Pela desilusão descobrimos que não se deve muito apegar.
Pela traição notamos que inteiramente nunca se deve confiar.
Pela vida e seu viver constatamos que é na loucura da sobrevivência que descobrimos a essência e verdadeiro prazer de viver.


Cabe a você escolher: a fantasia e no tédio entorpecer ou a vida real e no perigo encontrar prazer. Ou quem sabe até um balanço entre os dois que te fará delirar sem os pés do chão tirar. Escolha sua aposta e veja no que dará. 

5 comentários:

  1. Muito bom seu poema, na verdade tudo é uma busca constante de nós mesmos.Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Manoel, me encanto sempre que leio o que você escreve! Parabéns!

    Lindo poema, tema interessantíssimo... Nota 1.000!

    Beijos e sucesso!

    ResponderExcluir
  3. Nossa, esse poema está fantástico, impecavél!Nem Fernando Pessoa escreveria melhor!
    Eu estou boquiaberta, exprimiste sentimentos que hoje estam aqui dentro de mim...
    simplesmente adoreiii
    parabéns!
    bjus
    Lolis

    ResponderExcluir
  4. Lindo, lindo, lindo!
    Você escreve mais do que bem, ameiii!
    A vida é cheia de ilusões q muitas vezes criamos, de sonhos que tentamos realizar e escolhas que somos obrigados a tomar.Todos passamos por isso e enquanto estivermos vivos vamos continuar a passar.

    bejusss
    Uma ótima tarde...

    http://donaah.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Como sempre, lindas palavras. PARABENS
    Bjinhos

    ResponderExcluir