9 de out de 2010

O pensamento é o ensaio da ação


Nada tem um disturbio coerente para ser compreendido facilmente. O desvendar do futuro, o sombrio espáduo do passado e a destilação do presente se concretiza apenas áqueles que um dia souberam distinguir o pensamento da ação.
Lá estou eu, sob as cascatas perto da cachoeira, tentando decifrar o enigma da sua vida. O porquê da dor. Da perda. Do sofrimento. Sei que ela acha banal e ilógico sofrer. Mas merecemos. E com isso até aprendemos. Aprendemos que na carruagem percorrida, tudo pode se virar contra você por conta dos erros cometido no passado. No titubear dos sentimentos acabamos em agir sem pensar e esquecemos q como Sigmund Freud falou: ''O pensamento é o ensaio da ação''. Devemos supor o que a ação que faremos resultará, para que não estejamos em arrependimento depois por não ter pensando e formulado uma ideia antes, um caminho a seguir seguro. Sei que a segurança nem sempre é preciso. Pois como um mortal qualquer, também adoro correrum perigo real e constante. Descobrir novas alusões.
Mas quem não controla seu pensamento e formula uma ideia para por em prática em seguida, talvez se descobrirá num abismo de erros, limitações, perdar, dores e conturbações no caminho. Pois desenvolvendo calmamente seu pensamento pra depois que tudo esteja ensaiado podermos estamentar na ação, é algo imprecindível para viver com harmonia e que sabe até um pouco de alegria.
Sei que não é fácil agir, quanto é fácil falar. Mas nada é impossível aos olhos de quem procura uma solução, razão.
Eu resvalarei o meu amor por ti até ele se perder na avenida dos sonhos perdidos. E não te provocarei para que não sinta pressão em algo que rpa você não faz, não tem, algum sentido real. Hoje estamos em paz, amanhã quem sabe. Talvez. Mas agora estarei preparado pois estou contruindo todo o meu pensar antes de agir, seja em julgar-te, provocar-te, escolher ou conduzir-te a algo. Eu aprendi. Esta pequena e inata frase de Freud me ensinou bastante. Me ensinou parte das soluções dos meus pequenos problemas que quando não vemos saídas, tornamo-os algo meramente impossível de solucionar. Aprendi. E se um dia te perder de novo. Vou cuidar pra não perder também a sua confiança, a sua amizade, o seu sorriso gentil. Pois cada parte das suas ações e fases me impulsionam a seguir vivo, sonhador, legal e sempre sincero com o mundo. Com tudo. Com todos. Tudo isso é conturbação do meu pensamento. Pois como já disse a cima, o pensamento é o ensaio da ação. Assim como o do perdão e razão.

2 comentários:

  1. Sigmund Freud? OMG... Você está evoluindo meu caro. Pode não perceber mas a cada post que cria seu desenvolvimento aumenta e nos surpreende. Arrazou! Beijos

    ResponderExcluir
  2. Tenho qmostrar a população que me acompanha o a culta informação que recebo todos os dias, até as que vivo com você e com a galera q anto amo. Obrgado amore. Bejos!

    ResponderExcluir